O PROJETO

O projeto Fazedores de Café foi criado pelo Sofá Café com o objetivo de capacitar, gratuitamente, jovens em situação de vulnerabilidade social na profissão de barista, promovendo o seu desenvolvimento e auxiliando a cadeia de cafés e cafeterias a formar profissionais qualificados.

Desde 2014 o projeto forma jovens em cumprimento de medida sócio-educativa, refugiados, minorias sociais e aqueles sem condições financeiras de ingresso em curso técnico ou no ensino superior.

Funciona em parceria com outras empresas do setor, que contribuem com a doação de tempo, know how, insumos, divulgação. Além dos mais de 20 voluntários que turma após turma partilham seu tempo e conhecimento com as turmas do Projeto, garantindo acesso a um conteúdo técnico de excelente nível.

 

Assim, cumprimos com a nossa missão: "fazer a nossa parte para um mundo mais acessível a todos." O Fazedores de Café é uma escola onde o café é o foco de estudo!​

 

HISTÓRICO

2013

  • Concepção do Projeto

  • Estruturação do espaço das aulas

2014

  • Início da primeira turma do Projeto

  • 25 parceiros

2015

  • O projeto ganha notoriedade nacional e reconhecimento internacional

  • É formada a terceira turma

  • O projeto é apresentado em diversas feiras e eventos de café

  • 40 parceiros

2017

  • O Projeto passa por uma revisão do quadro de aulas

  • É formada a quinta turma do projeto 

  • A taxa de empregabilidade dos alunos supera a faixa dos 90%

  • Cresce a demanda por participação do projeto em palestras, exposições e atuações em eventos

2019

  • O ano marca a formatura da sétima turma e inicio da oitava

  • O número de colaboradores sobe para mais de 45

  • A parceria com a Nestlé/Nescafé permite levar o trabalho ao campo, através do Projeto JTC

  • O trabalho do projeto ganha notoriedade em cadeira nacional (Globo + Revista Veja)

 

CONTEÚDO

  • Terra: pesquisa e apresentação sobre a produção, métodos de processamento e beneficiamento do café 

  • Essenciais: o café +  torra +  água +  leite

  • Prático: métodos de extração (preparos) | espresso e coados

  • Criativo: criação de bebidas de café e inovação

  • Ética e comportamento: ambiente de trabalho e gerenciamento de conflitos

  • Serviço: atendimento, cardápios, vigilância sanitária

  • Lógico: business de cafeteria e gerenciamento de negócio

  • Mecânico: propriedades mecânicas de uma máquina de espresso e moinhos

CARGA HORÁRIA

  • 2 a 3 meses de formação + 1 mês de estágio supervisionado 

  • Aulas diárias com duração de 4h (5 vezes por semana, podendo haver aulas extras aos sábados e feriados)

  • Estágio na rede de cafeterias parceiras (período de aproximadamente 160h)

  • Turmas de 4 a 6 alunos

RESULTADOS ALCANÇADOS

#01

8 TURMAS FORMADAS
+30 ALUNOS

Desde 2014 o "Fazedores de Café" ja formou mais de 30 baristas em suas 8 turmas. São jovens que acreditaram no projeto, se dedicaram e deixaram de pertencer ao grupo social de vulnerabilidade.

#02

92% DE TAXA DE EMPREGABILIDADE

Quase todos os alunos que saem do projeto conseguem emprego imediato como barista ou em áreas afins (ex.: manutenção de equipamentos de café, vendedores/representantes de marcas, etc). Esse índice indica a credibilidade do trabalho frente ao mercado e a garantia da qualidade técnica dos alunos formados.

#03

+40 PARCEIROS ENVOLVIDOS

Em sua primeira turma o projeto contava com pouco mais de 15 parceiros, hoje são mais de 40 empresas e pessoas físicas que dedicam seu tempo, dividem seu know how e oferecem insumos e material para manter o projeto.

 
 

FAZEDORES NA MÍDIA

EMPRESA DE RESPEITO

Reconhecimento por mérito na gestão de pessoas

TRANSCENDEMOS

PRÊMIO QUALITY GASTRONOMIA 2019

SOCIEDADE BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E INTEGRAÇÃO

 

CONQUISTAS

[nossas conquistas não são os prêmios e sim a real mudança na vida dos fazedores]

MARIANA

FAZEDORA 2º TURMA | 2015

Por meio de uma ONG da região de Cotia/SP, Mariana foi selecionada para integrar o Projeto graças ao seu potencial e sua realidade sócio-econômica. Sem perspectivas de estudo, após concluir o ensino médio, tinha grande dificuldade de se empregar e nenhuma possibilidade de pagar e ingressar em qualquer curso superior.

Foi imediatamente contratada, ao término do estágio, e trabalha desde então como Barista.

Seu trabalho e comprometimento tornou possível o sonho de estudar e se tornar Arquiteta. Recém formada em arquitetura, busca possibilidades na área enquanto continua trabalhando "fazendo" café.

ABDRAHAMANE

FAZEDOR 6º TURMA | 2019

De nome complicado para a nossa língua, o “Abdul”, chegou ao país há 4 anos como refugiado do Mali. É o único de sua família vivendo no Brasil e desde a sua chegada trabalhou informalmente onde fosse preciso.

Viu no Projeto Fazedores de Café a oportunidade de uma formação técnica aliada a possibilidade de se estabelecer formalmente no mercado de trabalho. Dedicou-se ao projeto e hoje, já se sentindo brasileiro, tem grande paixão pelo café e é trabalhador registrado como Barista.

FELIPE

FAZEDOR 5º TURMA | 2018

Conhecido por “Lipe”, chegou ao projeto por indicação de uma assistente social que trabalha com jovens em cumprimento de medida sócio-educativa.

Demostrou, desde o princípio, extremo comprometimento com o projeto e real motivação para mudar sua vida.

Foi imediatamente contratado ao término das aulas/estágio, e desde então atua como um dos principais baristas da rede Sofá Café.

Participou de feiras e festivais representando a empresa, concluiu o segundo grau e esta em treinamento para assumir o trabalho de Mestre de Torra do grupo Sofá Café.

PAULO

FAZEDOR 1º TURMA | 2014

Chegou ao projeto cumprindo medida sócio-educativa. À época ainda não havia completado o ensino médio e nunca havia trabalhado com registro em carteira.

Dedicou-se ao projeto, trabalhou em duas das mais conceituadas cafeterias de SP - Octavio Café e Coffee Lab, tornou-se mestre de torras, e foi competidor no Campeonato Nacional de Barista (7° colocado) e Brewers (6° colocado).

Em 2018 foi contratado pelo Sofá Café para coordenar o projeto Fazedores de Café, auxiliar nas seleção de cafés e definir os perfis de torra, além de coordenar o treinamento da equipe.

Hoje, formado em Gastronomia graças ao seu trabalho como barista, é casado, pai de duas meninas e o funcionário de maior remuneração dentro da empresa.

Em 2018, também se tornou empreendedor e junto de mais 3 sócios fundou sua proporia cafeteria, o Catarina Coffee & Love.

IMPACTOS ECONÔMICOS

A MUDANÇA GERADA PELO PROJETO

Ao ingressar no projeto, grande parte dos jovens ainda não fazem parte da PEA [população economicamente ativa] e, em muitos casos são egressos do sistema prisional ou ainda em cumprimento de medida sócio educativa. Neste caso é pertinente o entendimento dos seguintes valores:

Valores de custo médio MENSAL de cada jovem para o Estado

Jovem

Entidade

Custo Estado / Mês

 1 Jovem

1 Jovem

Fundação Casa

Medida Sócio-Educativa

R$ 10.357,00*

R$ 7.580,00**

fonte: * BandNews, 2017

             ** O Dia, IG, 2014

Valores de custo médio MENSAL de cada jovem para o projeto FAZEDORES de CAFÉ

Jovem

 1 Jovem

Fazedores de Café

Projeto Faz. Café

Custo Sofá Café/Mês

R$ 1.450,00***

*** valores referentes a: vale transporte + alimentação

Gráfico comparativo do custo dos jovens nos diferentes Programas Sociais

R$ 11.000,00

R$ 8.250,00

R$ 5.500,00

R$ 2.750,00

R$ 0,00

R$ 10.357,00

R$ 7.580,00

R$ 1.450,00

O custo de cada jovem para o Projeto Fazedores de Café é pelo menos 5 vezes menor quando comparado a qualquer outro programa do Estado. 

Também é importante destacar o sucesso recorrente deste “investimento”, uma vez que mais de 90% dos alunos do projeto Fazedores de Café são empregados e não retornam a atividades criminosas, garantindo assim a reabilitação social desses jovens.

GERAÇÃO DE RENDA

O valor gerado na economia pela inclusão dos jovens na PEA [população economicamente ativa]

Jovem

1 Fazedores Mercado

de trabalho

Média Salarial Inicial

R$ 1.500,00

Salário Final + benefícios

R$ 2.300,00

Ao todo, o projeto formou 36 jovens, desde 2014, considerando o tempo de atuação no mercado de cada turma, a média salarial e a taxa de empregabilidade do Projeto [90%], podemos considerar o seguinte cenário:

Turma Projeto

Fazedores

# jovens empregados

Ano

Média Salarial Mensal

Total Acum. aprox.

até 2020

I

II

III*

IV

V

VI

VII*

4

4

5

2014

2015

2015

R$ 1.900,00

R$ 1.900,00

R$ 1.900,00

R$ 547.200,00

R$ 456.000,00

R$ 513.000,00

5

5

5

5

2016

2018

2019

R$ 2.100,00

R$ 2.300,00

R$ 2.300,00

R$ 504.000,00

R$ 276.000,00

R$ 138.000,00

2019

R$ 2.300,00

R$ 69.000,00

* turmas de ingresso no segundo semestre do ano

TOTAL

R$ 2.503.200,00

Soma de salários gerados pelos Fazedores, ajudando a movimentar a economia.

RESUMO DO IMPACTO ECONÔMICO GERADO PELO PROJETO

Gráfico comparativo

Custo de manutenção dos jovens no sistema prisional (desde 2014)

X

Geração de renda na inclusão dos jovens no Mercado de Trabalho

Quando comparado o custo de cada jovem em custódia no sistema prisional ou em medida sócio-educativa ou de forma assistencialista a refugiados, o gasto para o Estado atinge um valor de mais de -R$ 9 milhões desde 2014. Considerando que esses mesmos jovens fora do sistema prisional, empregados, geram uma renda positiva de +R$ 2,5milhões no mesmo período, a diferença de um projeto como o Fazedores de Café teve trás um impacto positivo para a sociedade de R$ 12.417.840,00.

R$ 5.000.000,00

R$ 2.500.000,00

R$ 0,00

-R$ 2.500,00

-R$ 5.000.000,00

-R$ 7.500.000,00

-R$ 10.000.000,00

-R$ 9.914.640,00

+R$ 2.503.200,00

Custo Sist. Prisional ou Assistencial

Geração de Renda Fazedores

Como se inscrever?

Os requisitos para inscrição no projeto Fazedores de Café são:

Obrigatórios

  • Ser maior de 18 anos

  • Ter concluído o ensino médio ou estar próximo à sua conclusão

  • Estar em condição comprovada de vulnerabilidade social

Oportunidades para

  • Jovens em cumprimento de medidas sócio-educativas

  • Refugiados e imigrantes legais no Brasil

  • Jovens sem perspectiva/possibilidade de cursar o terceiro grau ou formação técnica

Desejável

  • Que @s jovens ingressantes estejam amparad@s por uma ONG ou Assistente Social que possa atestar sua real necessidade e importância de ingresso no curso

Junte-se ao Projeto

Existem diversas formas de ajudar ao Projeto:

Doação

  • Se vc quiser ajudar a manter o projeto, doe voluntariamente qualquer valor para nos ajudar a continuar o nosso trabalho

Marca Fazedores de Café

  • Compre qualquer produto com a Marca Fazedores de Café e parte da renda é revertida para a manutenção e expansão das atividades do Projeto. Você encontra produtos Fazedores de Café  aqui na nossa loja online e nas loja físicas e online do Sofá Café

Seja um Parceiro do Projeto

  • Se você é especialista em alguma área relacionada aos temas das aulas (veja o conteúdo), você ser voluntário como professor dos Fazedores de Café

  • Doe os insumos que os alunos usam nas aulas (café especial verde ou torrado, leite, etc), equipamentos, acessórios de cafés, etc.

HIGHLIGHTS

Número de Cafeterias

Beneficiadas

aproximadamente

28

% de alunos que completaram o ensino médio após ingressar no Projeto

64%

% de alunos que ingressaram no ensino superior após ingressar no Projeto

9%

 
 

Doações

Gostou do nosso trabalho e do impacto social que conseguimos alcançar? Sua doação nos ajuda a manter o projeto ativo para que possamos continuar dando oportunidades e formação profissional a jovens em vulnerabilidade social.

 

Contribua, e procure os baristas formados pelo projeto nas cafeterias... 

Entre em contato

Telefone

+55 11 3034.5830

Email

contato@fazedoresdecafe.org​

Endereço

Rua Bianchi Bertoldi, 130

Pinheiros | SP

05422-070

 

© 2020 por Sofá Café | Fazedores de Café.

  • Facebook
  • Instagram